Archive for the ‘JusNotícias’ Category


Resumo

O presente artigo demonstra a análise sobre a questão da violência no entorno sul do DF, confrontando os diversos debates acerca da problemática, elencando as principais percepções doutrinárias, históricas e sociológicas que clamam pelas possíveis modificações da sociedade, com a visão de que estas têm funcionado como uma espécie de atalho quando se trata de buscar soluções para a violência no Brasil, onde comprovadamente o código Penal não tem conseguido deter o avanço da criminalidade dando uma resposta que atenda aos anseios sociais quando esta se defronta com situações de barbárie cometidas. Demonstraremos como o Estado protetivo se esconde na bandeira da reserva do possível, questionando as reais possibilidades de ocorrer efetivamente às mudanças propostas ao código penal brasileiro.

A palavra violência vem do latim “violentia” que significa “a força que se usa contra o direito e a lei”, e a palavra, violento, vem do latim “violentus”, é todo aquele que age com força impetuosa excessiva, exagerada.

Palavras-Chaves: Violência, entorno, Distrito Federal.

1.Introdução

Este trabalho foi desenvolvimento com o intuito de se conhecer um pouco mais sobre esta região que vem recebendo tanto destaque, de forma negativa na maioria das vezes. De acordo com que um artigo científico se pede, este trabalho traz várias estatísticas a respeito do tema gerador: A violência no entorno sul do Distrito Federal. Não basta apenas dizer quais são as cidades mais violentas, mas sim tentar entender o que vem acontecendo com essa população para que esses índices de homicídios estejam tão altos. Os quadros estatísticos não trazem índices apenas da violência, mas também dados a respeito dos serviços de saúde, dos alunos matriculados e docentes na rede escolar e da segurança pública.

(mais…)

Anúncios

Comemoramos em 19 de maio, o Dia do Acadêmico de Direito, data extremamente importante para o futuro de nosso país. Dessa forma, são homenageados, todos os acadêmicos e Advogados do Brasil. Vemos nos olhos de todos os acadêmicos, em especial do Direito, aquela ânsia de aprender, discutir, questionar, mas principalmente, a cada aula, a cada leitura, a visão de que a Justiça muitas vezes está distante, mas nunca fora de alcance.
Vemos o problema social, político, jurídico e de segurança pública que passamos atualmente, em que sequer o cidadão, que paga honestamente seus impostos, tem direito a segurança, estando todos a mercê do egoísmo político e leis ultrapassadas e mal aplicadas, gerando a nossa indignação, que deve ser transformada em estudo, pesquisa, leitura, questionamentos e principalmente, muita vontade de ser um bom profissional do Direito.


TUDO PRA VOCÊ, LEITOR! 630 GRAMPOS, TRANSCRIÇÕES… TEM ATÉ ÍNDICE.
PODE BAIXAR AÍ NO SEU MICRO!
Vazaram os dados da operação Monte Carlo mantidas sob sigílo somente aos membros da CPI mista.
Quer saber tudo o que estará disponível aos parlamentares da CPI? Então baixa! Está aqui! Os vigaristas de aluguel não precisam mais fazer ar de mistério e inventar conspirações inexistentes. Quem passou foi uma freirinha de um convento interessada no aprimoramento espiritual do Brasil. O arquivo tem um tamanho razoável, aproximadamente 182 MB.

Art. 220. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

     § 1º – Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5º, IV, V, X, XIII e XIV.

        § 2º – É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.


Lula, você é o cara.

Você é o cara que esteve por dois mandatos à frente desta nação e não teve coragem nem competência para implantar reforma alguma neste país, pois as reformas tributárias e trabalhistas nunca saíram do papel, e a educação, a saúde e a segurança estão piores do que nunca.

Você é o cara que mais teve amigos e aliados envolvidos (e não fez nada para mudar a realidade), da cuéca ao pescoço, em corrupção e roubalheira, gastando com cartões corporativos e dentro de todos os tipos de esquemas.

Você é o cara que conseguiu inchar o Estado brasileiro com tantos e tantos funcionários e ainda assim fazê-lo funcionar pior do que antes.

Você é o cara que mais viajou como presidente deste país, tão futilmente e às nossas custas.

Você é o cara que aceitou todas as ações e humilhações contra o Brasil e os brasileiros diante da Argentina, Bolívia, Equador, Paraguai e outros.

Você é o cara que, por tudo isso e mais um monte de coisas, transformou este país em um lugar libertino e sem futuro para quem não está no grande esquema.

Você é o cara que transformou o Brasil em abrigo de marginais internacionais, negando-se, por exemplo, a extraditar um criminoso para um país democrático que o julgou e condenou democraticamente.

Você é o cara que transformou corruptos e bandidos do passado em aliados de primeira linha.

Você é o cara que está transformando o Brasil num país de parasitas e vagabundos, com o Bolsa-Família, com as indenizações imorais da “bolsa terrorismo”, com o repasse sem limite de recursos ao MST, o maior latifúndio improdutivo do mundo e abrigo de bandidos e vagabundos que manipulam alguns verdadeiros colonos.

É, Lula! Você é o cara…

É o cara-de-pau mais descarado que o Brasil já conheceu.


O alicerce da democracia e o fim da corrupção vem da informação.

Acessem o site http://www.excelencias.org.br/

Acompanhe os parlamentares!

Estados que fornecem informação sobre suas atividades parlamentares em próprio sites de governo:


O Ministério Público Federal no município de Passo Fundo (RS) expediu Recomendação a instituições de ensino superior da região para que estas cessem a cobrança de taxas para a expedição de diploma ou certificado de conclusão de cursos e outros documentos, como histórico escolar e atestados.

A procuradora da República Fernanda Alves de Oliveira estabeleceu um prazo de 15 dias para que as instituições de ensino superior flagradas cometendo a cobrança ilegal corrijam seus procedimentos.

De acordo com o MPF, faculdades como a Universidade de Passo Fundo (UPF), o Senac, a Faculdade de Tecnologia Internacional (Fatec) e a Unisul, entre outras, cobram taxas pela expedição de grade curricular, histórico escolar, atestados, conteúdos programáticos. Tais cobranças só poderiam ocorrer , diz o MPF, em caso de pedidos de segunda via desses documentos.

O órgão se baseia na Resolução 3/89, do extinto Conselho Federal de Educação, no sentido de que “as expedições de certidões, atestados, certificados, históricos escolares, boletins e outros documentos da mesma natureza são custeadas pelos próprios acadêmicos em decorrência da prestação pecuniária paga às instituições privadas de ensino superior’’.

“O fornecimento do diploma, de modo algum, pode ser considerado serviço passível de remuneração, tendo em vista que não é um produto disponível no mercado, pois ninguém pode pretender adquirir um diploma apartado, sendo este validamente obtido somente após o preenchimento de requisitos acadêmicos específicos”, disse a procuradora da República. “As atividades de expedição e registro constituem decorrência lógica da prestação do serviço de ensino e indissociáveis da conclusão do curso, não podendo, portanto, ser considerada serviço extraordinário”, concluiu. Com informações da Assessoria de Imprensa da Procuradoria Regional da República na 4ª Região.

Fonte: Conjur – Consultor Jurídico.

O valor que tem um professor .

Posted: 2 Fevereiro 2012 in JusNotícias


Triste história de um Professor

Porto Alegre (RS), 16 de julho de 2011

Caro Juremir (CORREIO DO POVO/POA/RS)

Meu nome é Maurício Girardi. Sou Físico. Pela manhã sou vice-diretor no Colégio Estadual Piratini, em Porto Alegre , onde à noite leciono a disciplina de Física para os três anos do Ensino Médio. Pois bem, olha só o que me aconteceu: estou eu dando aula para uma turma de segundo ano. Era 21/06/11 e, talvez, “pela entrada do inverno”, resolveu também ir á aula uma daquelas “alunas-turista” que aparecem vez por outra para “fazer uma social”. Para rever os conhecidos. Por três vezes tive que pedir licença para a mocinha para poder explicar o conteúdo que abordávamos.

Parece que estão fazendo um favor em nos permitir um espaço de fala. Eis que após insistentes pedidos, estando eu no meio de uma explicação que necessitava de bastante atenção de todos, toca o celular da aluna, interrompendo todo um processo de desenvolvimento de uma idéia e prejudicando o andamento da aula. Mudei o tom do pedido e aconselhei aquela menina que, se objetivo dela não era o de estudar, então que procurasse outro local, que fizesse um curso à distância ou coisa do gênero, pois ali naquela sala estavam pessoas que queriam aprender’ e que o Colégio é um local aonde se vai para estudar. Então, a “estudante” quis argumentar, quando falei que não discutiria mais com ela.

Neste momento tocou o sinal e fui para a troca de turma. A menina resolveu ir embora e desceu as escadas chorando por ter sido repreendida na frente de colegas. De casa, sua mãe ligou para a Escola e falou com o vice-diretor da noite, relatando que tinha conhecidos influentes em Porto Alegre e que aquilo não iria ficar assim. Em nenhum momento procurou escutar a minha versão nem mesmo para dizer, se fosse o caso, que minha postura teria sido errada. Tampouco procurou a diretoria da Escola. Qual passo dado pela mãe? Polícia Civil!… Isso mesmo!… tive que comparecer no dia 13/07/11, na 8.ª (oitava Delegacia de Polícia de Porto Alegre) para prestar esclarecimentos por ter constrangido (“?”) uma adolescente (17 anos), que muito pouco frequenta as aulas e quando o faz é para importunar, atrapalhar seus colegas e professores’. A que ponto que chegamos? Isso é um desabafo!… Tenho 39 anos e resolvi ser professor porque sempre gostei de ensinar, de ver alguém se apropriar do conhecimento e crescer. Mas te confesso, está cada vez mais difícil.

(mais…)


DEPOIS DAS BOMBAS DE GASOLINA, É A VEZ DAS URNAS ELETRÔNICAS.

 Seria possível uma fraude nas urnas? Diga você mesmo.

O povo brasileiro é muito manso quando se trata de defender seus direitos. 

É uma omissividade incrível e incomunal. Não se movimentam nem para pesquisar e conhecer um assunto de interesse, e neste caso, um assunto que afeta diretamente sua vida.

Segue abaixo uma excelente entrevista realizada por Dâniel Fraga com o Eng. Amilcar Brunazo Filho, especialista e estudioso em sistema de segurança em urnas eletrônicas. Este espaço e oportunidade que o Eng. Amilcar teve é de extrema importância para elucidar o real tratamento que o poder público eleitoral tem para conosco, “meros” eleitores.

Como o vídeo é longo, resumi alguns aspéctos tratados no mesmo.
CARACTERÍSTICAS DAS URNAS E DO SISTEMA ELEITORAL BRASILEIRO:

  • Não permite auditorias;
  • Caso a requerimento do canditado uma auditoria seja autorizada, o canditado deve pagar 2 MILHÕES para que a auditoria aconteça;
    (mais…)

Em meio à discussão sobre lei seca e bafômetro, o Supremo Tribunal Federal (STF) tomou uma decisão que passou quase despercebida, mas deve balizar novas sentenças e até garantir no futuro a punição de infratores: dirigir bêbado, mesmo sem causar acidente, já é, sim, um crime.

Em decisão unânime, 5 dos 11 ministros do Supremo reunidos na 2.ª Turma rejeitaram no fim de setembro um habeas corpus (HC 109269) impetrado pela Defensoria Pública da União em favor de um motorista de Araxá (MG) denunciado por dirigir embriagado.

(mais…)


Por Pedro do Coutto.

Leio no Globo de domingo reportagem de Carolina Brígido e Isabel Braga, com foto de Ailton de Freitas, anunciando que o Supremo Tribunal Federal deve decidir em outubro, ou até final do ano, se a Lei da Ficha Limpa estará ou não valendo para as eleições municipais de 2012. À primeira vista, pensei tratar-se de um engano desses que sucedem raramente, mas acontece no jornalismo. Estava equivocado. Carolina e Isabel estão certas.

O presidente da Corte, ministro Cezar Peluzo, tem alguma dúvida. Tanto assim que admite adiar a nova votação à espera que a presidente Dilma Roussef nomeie a ministra que substituirá Ellen Gracie que se aposentou. Infelizmente, para a Justiça, antecipou em sete anos sua saída. Mas esta é outra questão. O fato essencial é que o Supremo já decidiu, inclusive por duas vezes, a matéria. A primeira com o empate de 5 votos a 5, já seria suficiente.

De que se tratava? De apreciar recursos de atingidos pela Ficha Limpa contra decisão do tribunal Superior Eleitoral. Ora, o recurso para ser vitorioso necessitava de maioria no plenário. Houve empate.Logo o recurso teria que ser dado como rejeitado. Não foi. Esperou-se ridiculamente a posse do ministro Luis Fux. Marcou-se novo julgamento. Fux votou pela validade da lei após um ano de sua entrada em vigor. Exatamente o que diz o artigo 16 da Constituição federal. Portanto não existe motivo algum pelo qual a lei, que teve origem em proposição de quase dois milhões de eleitores, que não valeu em 2010, não deva valer em 2012. O que está se discutindo afinal? A constitucionalidade a partir do próximo ano já foi diretamente resolvida. Por que nova demanda então?

Não faz o menor sentido.É por essas e outras que a Justiça no Brasil é extremamente lenta. Custa a decidir. E só decide sob pressão da opinião pública impulsionada pela imprensa. É verdade. Basta conferir os fatos. O jornalista Pimenta Neves, assassino confesso, condenado, permaneceu de 2003 a 2010 em liberdade, por habeas corpus. O ex-presidente do Banco Central, Francisco Lopes, atingido pelo escândalo Cacciola, foi condenado a dez anos de prisão por crime financeiro contra o patrimônio público. Foi demitido no final do primeiro governo FHC, de 97 para 98. Condenado em 2001 ou 2002, continua solto. Rodrigo Silveirinha e seu grupo de fiscais demitidos no início do governo Rosinha Garotinho. Habeas corpus, estão há mais de doze anos em liberdade. Aguardam decisão definitiva do Supremo. Morosidade total.

(mais…)


Por isso que o “piscinão” do Palácio do Planalto só tem 1 metro de profundidade.

mentirinhas.com


Caras e caros, vocês querem ver como a gramática é uma ferramenta que serve à análise  política? Sei que vocês gostam quando me dedico a esses exercícios. Vejam como as escolas fazem mal em deixar de lado esse instrumento de esclarecimento da razão. Antes do gramatiquês, algumas considerações.

A forma como se deu a eleição da mãe do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PE), para o TCU é particularmente importante porque ele é considerado aqui e ali, de modo superestimado a meu ver, uma liderança emergente da política, um homem especialmente hábil, chegado ao diálogo, um construtor de consensos, essas coisas genéricas, imprecisas e um tanto pastosas com que costumam definir no Brasil a falta de clareza, a ausência de contornos programáticos, a paixão pelo conchavo, as costuras de bastidores. Em suma: nesse particular, não há nada mais velho do que o jovem Eduardo Campos, que se comportou como um coronel ao velho estilo. Ah, sim: sua mãe é a deputada Ana Arraes (PSB), mas isso não tem a menor importância. Se ela se chamasse Jocasta, Sevília ou Maricota, daria na mesma. Ninguém votou nela, mas no filho.

Campos ligou pessoalmente para todos os governadores, cabalando votos para mãe, para que estes pressionassem suas respectivas bancadas. É verdade: se um filho não apoiar a sua mãe, quem há de fazê-lo, não é mesmo? Quando se é governador de Estado e quando a progenitora é deputada, estando em disputa uma vaga num órgão de assessoramento do Legislativo e de vigilância dos gastos públicos, é evidente que as ligações são mais do que impróprias.

(mais…)


 amarildo.com.br


Escondido no mesmo bunker já usado por Osama Bin Laden, Darth Vader, Hitler e José Dirceu, o ditador Muammar Kadafi fez chegar à RedeTV! uma mensagem em áudio na qual impõe uma única condição para se entregar: “Só aceito sair se for julgado pelo Congresso Brasileiro. Me comprometo a acatar todas as ásperas reprimendas e duras punições pelas quais os nobres deputados, sempre zelosos do melhor cumprimento da lei, vêm se notabilizando ao longo dos últimos anos. Na semana seguinte, já com a ficha limpa, quero me filiar ao PMDB”, declarou em árabe, com leve sotaque maranhense.

Em outra passagem, Kadafi prometeu se comportar conforme os costumes locais. “Pretendo, devagarzinho, abrir um jornal e conseguir a concessão de uma rádio e televisão. Juro por Nosso Senhor do Bonfim ficar quietinho com meu curral eleitoral que, Deus permita, me conduzirá ao Senado até a próxima era glacial. Reivindicarei verba pública para contratar as enfermeiras ucranianas como assessoras e serei muito feliz”, concluiu.

Após ouvir a gravação de Kadafi, Dado Dolabella entrou em contato com a Câmara para solicitar uma audiência em Brasília. “Como não pensei nisso antes”, exclamou o galã, esbofeteando a recepcionista.

 

Blog do Noblat


Revoltante como as pessoas se sente indignadas com o mundo exterior, mas não enxergam e nem cuidam de seu próprio lar.

amarildocharge.com