A verdade sobre urnas eletrônicas . A indústria do voto eletrônico .

Posted: 11 Janeiro 2012 in Artigos, Constitucional, JusNotícias, Política
Etiquetas:, , , ,

DEPOIS DAS BOMBAS DE GASOLINA, É A VEZ DAS URNAS ELETRÔNICAS.

 Seria possível uma fraude nas urnas? Diga você mesmo.

O povo brasileiro é muito manso quando se trata de defender seus direitos. 

É uma omissividade incrível e incomunal. Não se movimentam nem para pesquisar e conhecer um assunto de interesse, e neste caso, um assunto que afeta diretamente sua vida.

Segue abaixo uma excelente entrevista realizada por Dâniel Fraga com o Eng. Amilcar Brunazo Filho, especialista e estudioso em sistema de segurança em urnas eletrônicas. Este espaço e oportunidade que o Eng. Amilcar teve é de extrema importância para elucidar o real tratamento que o poder público eleitoral tem para conosco, “meros” eleitores.

Como o vídeo é longo, resumi alguns aspéctos tratados no mesmo.
CARACTERÍSTICAS DAS URNAS E DO SISTEMA ELEITORAL BRASILEIRO:

  • Não permite auditorias;
  • Caso a requerimento do canditado uma auditoria seja autorizada, o canditado deve pagar 2 MILHÕES para que a auditoria aconteça;
  • Se houver denúncia de fraude, o denunciante(geralmente candidato) é condenado por “litigância de má fé”, pois, para comprovar a fraude é necessário provas, que são obtidas por meio de auditorias(TSE não permite auditorias). [Isto já aconteceu no Brasil, diferente dos EUA que houve a denúncia, comprovaram a fraude por meio de auditorias e o fabricante da urna eletrônica foi descredenciado];
  • Sujeito a fraude interna;
  • Urna da mais antiga geração (1994);
  • O atual sistema é usado somente aqui no Brasil e na Índia;
  • Não tem confiabilidade na contagem do voto;
  • Voto que é gravado pelo sistema não pode ser conferido pelo eleitor (contraprova para conferir se o voto que foi gravado pelo sistema realmente foi o que o eleitor votou, evitando assim o “desvio de voto”). Com isso, gera-se uma inconfiabilidade e desconfiança do sistema, sistema não se torna confiável;
  • O TSE não permite que particulares (engenheiros, hackers, grupos de tecnologia…) façam testes na urna eletrônica;
  • Em outros países (ex: Holanda) onde o sistema é de última geração e testes de segurança são permitidos, tais testes realizados por particulares obtiveram sucesso na “invasão” das urnas;
  • Brasileiros são iludidos pelo poder eleitoral o qual diz que carregamos o melhor, mais seguro e mais eficiênte sistema de votos do MUNDO;
  • Obscuridade de validação de processo do software que é carregado na urna;
  • O sistema que está na urna brasileira nunca foi conferido por ninguém, o único que controla esse software é o governo eleitoral;
  • Ninguém sabe se eles estão fazendo fraude, ninguem tem provas que eles estão fazendo fraude, mas as inconsistências estão ai, e se tratando de políticos brasileiros, que na maioria tem ética e moralidade deturpadas, não duvido nada que estão “dando um jeitinho”;
  • O TSE não muda o atual sistema pois isso geraria um descrédito total à todas as eleições passadas;
  • Em 2006 o Brasil doou 20 mil urnas eletrônicas para o Paraguai. Três meses depois  das eleições, após uma TV Paraguaia ter publicado um vídeo das urnas brasileiras “desviando votos”, o poder público proibiu o uso das urnas eletrônicas brasileiras. [44:33];
  • A Rede Globo, provavelmente à pedido do TSE, censurou uma matéria sobre urnas eletrônicas do Brasil. No Paraguai o poder público de lá não conseguiu fazer a censura. [44:43];
  • O povo brasileiro pensa que temos o mais sofisticado modelo de votação do mundo, mas na verdade vários países (mais de 60) vieram ao Brasil conhecer a urna, alguns até levaram para seu país para realizar testes, e TODOS rejeitaram o sistema brasileiro.[46:32];
  • “É incrível como o povo brasileiro é desrespeitado pela justiça eleitoral se comparado com o povo argentino” – Amilcar Brunazo Filho.[47:28];
  • O eleitor brasileiro não pode conferir se o registro digital que a urna gravou é realmente o mesmo que o eleitor votou. [53:13];
  • O sistema eleitoral brasileiro é uma ditadura transvestida de democracia. Ou você se amolda ao sistema brasileiro, ou então não tem direito nem de entrar na pior faculdade do país. Isso é uma outorga.
  • A OEA(Organização dos Estados Americanos) levou a urna brasileira à todos os outros países da américa latina (todos rejeitaram), exceto à Venezuela, pois a OEA não queria que o presidente Hugo Chaves(que não é nem um pouco democrático) tivesse uma urna a qual ele pudessem manipular os votos. [55:40];
FRAUDE DE URNAS – BAND. Um caso dos supracitados desvios de votos. É mais comum do que se pensa.

O que se percebe é um grande interesse particular, utilizando o meio público para almejar e conquistar tal interesse privado. Mas, no fim das contas a eleição é para manter o “teatro” que estamos acostumados a assistir.

VÍDEOS COMPROVAM POSSIBILIDADE DE FRAUDE NAS URNAS BRASILEIRAS




Alguns links:
http://www.fraudeurnaseletronicas.com.br/
http://www.brunazo.eng.br/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s